sexta-feira, 26 de outubro de 2012

O amor de mãe muitas vezes compromete a vida dos filhos?



Os laços maternos são muito importantes para que se cumpram as metas evolutivas de cada ser humano.
É louvável que a mãe se dê ao máximo na criação dos seus filhos, mas muitas vezes confundem amor com apego e acabam dificultando o processo deste, que precisa viver as suas experiências físicas para dar sentido a sua encarnação.
Deus deu à mulher o dom da maternidade para que assim pudesse fortalecer os laços familiares.
Mães, tomem cuidado com aquele que bate à sua porta, pois é, sem dúvida, alguém  que precisa muito de você, mas saibam respeitar o limite que lhe foi concedido, que é o de mostrar o caminho através de seus exemplos. Não esqueçam que se hoje és mãe, amanhã poderá ser filha.
Antes da concepção, os espíritos encarregados de direcionar o destino do reencarnante estudam cuidadosamente, e vários encontros são marcados no plano espiritual. Só depois é que as ligações são feitas. Lembrando que o espírito não procede do corpo, mas o corpo procede do espírito e por isso traz na sua bagagem informações importantes para serem trabalhadas no presente.
Mães, os teus sentimentos afetuosos são o que dá segurança ao espírito que terá que aprender outra vez. Por isso, seja mais amiga que mãe e não terás do que se arrepender.
Paz!
Judá e Jonas sentem-se em família

 Mensagem dos Irmãos Judá e Jonas, psicografada pelo médium Carlos Lobato durante os trabalhos do Laboratório Espiritual em 22-10-2012.

Nenhum comentário:

Postar um comentário